Música

                                                 Stand by me - (Playing for change)


  Imagine um mundo em que não há fronteiras, não há discórdia nem sofrimento... Sim esse mundo existe: O universo MUSICAL. 



A Música 


Por:  Maria Eduarda Rocha
Colaboradores: Larissa Couto e Leonardo Coimbra

Não se sabe ao certo quando iniciou a história da música e nem conseguimos imaginar seu fim. Dos sons naturais vindos de bichos, ventos e correntezas d`água vieram os instrumentos simples que deram origem a melodias, letras, sinfonias, sons mais complexos e uma imensidão de coisas, afinal, dá para fazer música até com colheres e panelas com qualquer um cantando por mais desafinado que o indivíduo seja.
A música é beleza, sentimento, paixão, alegria, solidariedade e principalmente união. Ela nos une de todas as formas possíveis. E não estou dizendo que enquanto você ouve algo em seus fones, outra pessoa do mundo ouve a mesma coisa. Não estou dizendo isso. Estou falando de sensações. 
Tente achar uma pessoa que não goste de música EM GERAL... É impossível não é? Não importa o estilo, algo mexe com todo mundo. Há sempre um estilo ou uma música que faça você jurar que seu coração parou de bater no ritmo mórbido de "TUM-DUM" e passou a acompanhar a batida, acompanhando cada acorde da melodia como se você e a música fossem apenas um. Como se ela fosse parte de você.
Imagine o sentimento de um músico ao sentir deus dedos tocarem e dedilharem as cordas padronizadas de um violão, guitarra ou baixo? Ou ao soar o som doce de uma flauta, ou ouvir o som quase automático que sai ao apertar as teclas de um piano?
Você já notou que quando tem alguém tocando na rua você para pelo menos por alguns segundos para apreciar, mesmo que esteja com pressa? Já parou para, no mínimo, ver o brilho dos olhos de alguém quando toca?
Dizem que os olhos são as janelas da alma e quando alguém toca ou canta, vemos o quanto esse ditado é certo.
Se parar em algum momento perto de alguém tocando ou cantando, observe no mínimo que você sentirá vontade de acompanhar, ou na reação do seu corpo, até mesmo ao bater os pés no ritmo.
Sabe porque? Porque a música nos une, não importa a cor, idade, trabalho, curso... 
Nós somos música. Só falta percebermos isso.

HISTÓRIA DA MÚSICA EM ALGUNS TRAÇOS

Por: Pablo Morales de Los Rios


Nenhum comentário:

Postar um comentário